Postagens

Manifesto pela poesia

Eu sou, atualmente, professora de alfabetização. Comecei a dar aulas esse ano no município do Rio de Janeiro numa turma de terceiro ano. Isso significa que trabalhei fechando esse primeiro e mais intenso ciclo. Estou dando aula desde maio e só percebi ontem- precisamente ontem- por que eu ensino meus alunos a lerem e escreverem. Caiu a ficha do por quê eu não abaixei a cabeça em nenhuma pequena crise durante meu processo de adaptação. Qual é a minha motivação interna para que fazer o faço e desejar continuar fazendo. Todo mundo tem seu motivo para ser quem se é e estar aonde está. Eu descobri o meu.
Eu quero que meus meninos e meninas leiam e escreveram para descobrirem seus sonhos. Eu quero que meu meninos e meninas escreveram e leiam para alimentarem seus sonhos, para expressarem seus sonhos e também, claro, para manifestarem sua indignações.
Como posso eu voltar para casa desacreditada de mim e deles, se eles são quem mais precisa de fé? São eles que precisam que acreditemos nesse …

Por debaixo dos escombros

NOVA CASA !

Saldo co carnaval: descobri o que eu amo e detesto no mundo das maquiagens!

Nem grande nem pequeno: sonhar não tem tamanho

31/365 com êxito: dias de lutas dias de glória.

O que eu aprendi sobre empatia

Gratidão: aquilo que- provavelmente- ninguém te contou.

2018: menos fanatismo e mais admiração

Projeto vamos fazer acontecer: segundo semestre 2017